O título do blog tem amplo significado. Tanto o autor como o presente espaço estão em constante construção.
(Afinal, somos seres inconclusos...). O blog vem sendo construído periodicamente - como todo blog - através da postagem de textos, comentários e divagações diversas (com seu perdão pela aliteração).

domingo, 1 de fevereiro de 2009

O Centurião de Cafarnaum

A Bíblia nos relata no Evangelho segundo escreveu Mateus, no capítulo 8.5-13, a história de um homem que deixou Jesus admirado. Como assim, deixou Jesus admirado? Trata-se de um centurião romano, cujo servo jazia paralítico e violentamente atormentado. Na Roma antiga, o centurião era um militar responsável pelo comando de uma centúria, grupamento composto por 100 soldados. Algo como um Comandante de Companhia em nossos dias. Interessante observar que o centurião estava a serviço do Império Romano, que à época dos fatos subjugava Israel. No entanto, o opressor recorreu ao oprimido. Afinal sabemos que Jesus, enquanto homem, estava sob as leis romanas. Mas como Deus, todos devem estar debaixo de sua Lei; e, como Deus, Ele é quem dá paz aos oprimidos (Mateus 11.28). Vejamos o que diz o texto bíblico citado no início do presente artigo:

5 E, entrando Jesus em Cafarnaum, chegou junto dele um centurião, rogando-lhe 6 e dizendo: Senhor, o meu criado jaz em casa paralítico e violentamente atormentado. 7 E Jesus lhe disse: Eu irei e lhe darei saúde. 8 E o centurião, respondendo, disse: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado, mas dize somente uma palavra, e o meu criado sarará, 9 pois também eu sou homem sob autoridade e tenho soldados às minhas ordens; e digo a este: vai, e ele vai; e a outro: vem, e ele vem; e ao meu criado: faze isto, e ele o faz. 10 E maravilhou-se Jesus, ouvindo isso, e disse aos que o seguiam: Em verdade vos digo que nem mesmo em Israel encontrei tanta fé. 11 Mas eu vos digo que muitos virão do Oriente e do Ocidente e assentar-se-ão à mesa com Abraão, e Isaque, e Jacó, no Reino dos céus; 12 E os filhos do Reino serão lançados nas trevas exteriores; ali, haverá pranto e ranger de dentes. 13 Então, disse Jesus ao centurião: Vai, e como creste te seja feito. E, naquela mesma hora, o seu criado sarou.”

Dessa leitura bíblica podemos extrair, no mínimo, três lições:

1 – O homem deve ter a humildade de:

a) reconhecer que, independente de cargo, função, posição social, conhecimento, etc., depende de Deus. A Palavra nos afirma que “... todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Romanos 3.23). E o caminho de volta para o Pai é Jesus: “... Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14.6).

b) reconhecer que não é digno, de per si, de ter o Mestre habitando consigo. Reconhecer que precisa de Jesus. Quem éramos, para que o Rei dos Reis e Senhor dos Senhores adentrasse em nossos lares? Quem éramos, para que Deus enviasse Seu Espírito Santo para em nós fazer morada? Afinal, “... ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó” (Salmo 103.14). Mas por Sua infinita misericórdia, Jesus Cristo nos purifica de toda a iniqüidade e nos torna justificados perante o Pai: “Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus por nosso Senhor Jesus Cristo” (Romanos 5.1). Porque “pela graça sois salvos, por meio da fé. E isso não vem de vós; é dom de Deus” (Efésios 2.8). E “... nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus(Romanos 8.1).   

2 – Basta uma palavra de Jesus para que se resolva nossa situação, por mais problemática que seja. Afinal, Ele é o Verbo, ou a Palavra de Deus. Como nos traz a Bíblia, no capítulo 1, versículos 1-3 do Evangelho segundo escreveu João:

1 No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 Ele estava no princípio com Deus. 3 Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.” Ou seja, tudo foi feito por intermédio de Jesus, que é a Palavra de Deus. Perceba o que diz o versículo 3: sem Ele, nada do que foi feito se fez.

No capítulo 1 do livro de Gênesis, no relato sobre a criação, vemos por repetidas vezes a expressão: “E disse Deus: Haja....”.

Será que aquele que trouxe o universo à existência com Sua Palavra não terá poder para resolver o meu e o seu problema? Será que aquele que “... sustenta todas as coisas pela palavra de seu poder” (Hebreus 1.3) não sustentará também você e eu? Contudo, se faz necessário que lancemos sobre Ele toda as nossas ansiedades, porque Ele tem cuidado de nós (I Pedro 5.7).

3 – Quando exercemos nossa fé, o Mestre se impressiona e se agrada. “... Nem mesmo em Israel encontrei tanta fé”, disse Jesus ao ouvir a confissão do militar romano. Como um pai se compraz em ver seu filho se lançando em seus braços com confiança, sem medo de cair, e o abraçando ternamente, assim se sente o Pai Celestial para conosco.

Que o SENHOR nos abençoe e nos ajude a depositarmos somente n’Ele nossa confiança a cada dia.

“Soli Deo Gloria”

Alessandro Cristian  

Citações extraídas da Bíblia de Estudo Pentecostal, versão Almeida Revista e Corrigida. CPAD, 1995.

4 comentários:

  1. amei sua explicação sobre a palavra de DEUS, é bom vc expor como DEUS nos ama tanto....
    para vc ver aquele centurião tinha tanta fé que ele queria apenas ouvir JESUS falar ali que o criado dele estava curado..
    e quantas vezes nós seres humanos ouvimos, lemos a palavra de DEUS....
    E TEMOS SIMPLISMENTE DUVIDA DO PODER DE DEUS...
    OU ENÃO PENSAMOS QUE DEUS NAO ESTA NEM AÍ PRA NÓS....
    JESUS REALMENTE É A ÚNICA SALVAÇÃO...
    A VIDA..
    TUDO ELE É LINDOOOO...
    PARABÉNS E CONTINUE SEMPRE ASSIM FAZENDO ESSA OBRA PRA DEUS..
    ENSINANDO AS PESSOAS DA VERDADE!!!!!!!!!!!
    fica com deus !!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Amém, prezada irmã. Muito obrigado pela visita e pelas palavras de apoio.
    Que Deus abençoe sua vida.
    Alessandro Cristian

    ResponderExcluir
  3. Cida disse...
    que Deus o abençoie irmão, por
    essa mensagem abençoada.
    continue sempre nessa fé, que Deus é
    na sua vida. Fica na paz

    ResponderExcluir
  4. a paz !!! muito bom seu blog estou a seguir

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião...
Que Deus muito o abençoe.